Pesquisa revela: a maior produção mundial de celulose está ligada a fraudes, suborno e grilagem de terras

Ministério Público denuncia lavagem de dinheiro e crime organizado. Direitos humanos são sistematicamente violados.  Download disponível dia 18 de dezembro. . O Brasil detém a marca de maior produtor mundial de celulose branqueada.  As unidades industriais estão distribuídas entre o norte do Espírito Santo e o sul da Bahia.  Nessa região, segundo dados levantados pela … Continue lendo

Foco nas cadeias produtivas das empresas

Está no ar o portal Rede Sustentável, que acompanhará a economia brasileira a partir das cadeias produtivas. Foi criada para verificar como as pessoas e o meio ambiente são afetados pelas empresas e por suas redes de negócios. A missão é informar, educar e mobilizar a sociedade para acompanhar o comportamento das empresas em relação … Continue lendo

Revista Veja repercute caso Tamar

A edição dessa semana da revista Veja publicou uma matéria sobre o escândalo envolvendo o Projeto Tamar, revelado com exclusividade pelo jornalista Lucio Lambranho, aqui no site. A revista resume o que publicamos. Diz que o Tamar está sendo investigado por subornar membros do Conselho Nacional de Assistência Social, visando o benefício de entidade filantrópica. … Continue lendo

Projeto Tamar envia carta de esclarecimento

A Fundação Pró-Tamar enviou uma nota de esclarecimento sobre os fatos veiculados nas reportagens que citaram fraudes e irregularidades no processo de concessão do título de entidade de assistência social. Leia o posicionamento do Tamar.

Fraude no Projeto Tamar põe em risco 30 anos de um sério trabalho científico

Leia a segunda parte da reportagem sobre o envolvimento do Projeto Tamar em esquema de filantropia fraudulenta. O caso é a ponta de um iceberg que envolve milhares de organizações e causa bilhões de reais de prejuízo aos cofres públicos.
Por Lúcio Lambranho, para a Papel Social.

A triste fraude do projeto Tamar

O Governo Federal pediu o bloqueio de bens do Projeto Tamar e o cancelamento do certificado de filantropia. Motivo: a fundação criada para proteger as tartarugas pagou para que um integrante do Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS) e um advogado fraudassem a concessão do documento que dá à entidade o direito de ser filantrópica.
Por Lúcio Lambranho, para a Papel Social.

A Chevron não está nem ai para o Meio Ambiente

Crime ambiental da Chevron na Bacia de Campos não foi um acidente. A alta gestão da empresa resolveu correr riscos em nome do lucro. Na Amazônia, empresa deixou mil buracos tóxicos contaminando populações indígenas. Por Marques Casara.

A Copa de 2014 e a Devastação Ambiental

Em até 90 dias, cinco mil funcionários serão contratados pelas carvoarias do Mato Grosso do Sul. O objetivo é suprir a crescente demanda do setor siderúrgico por carvão vegetal. Segundo o jornal A Crítica, de Campo Grande, “a iniciativa é para não prejudicar a indústria siderúrgica, que nos últimos anos está dobrando a produção de … Continue lendo

A cadeia produtiva da devastação

Inédita e exclusiva, a pesquisa do Observatório Social, coordenada pelo jornalista Marques Casara, da Papel Social, revela dados preocupantes sobre a indústria siderúrgica instalada na Amazônia. A pesquisa começou em Nova Ipixuna (PA). Lá, no dia 24 de maio, foram assassinados José Cláudio Ribeiro e Maria do Espírito Santo, que denunciavam a devastação da floresta … Continue lendo

  • ▪ Contatos

    11 3798-1230
    contato@papelsocial.com
    -
    Rua João Ramalho, 136
    Perdizes, São Paulo - SP
    05008-000

  • Política de privacidade:

    A Papel Social Comunicação respeita a sua privacidade. Todas as informações pessoais que você fornecer para nós, incluindo nome, apelido, endereço, telefone e e-mail, não serão cedidas, vendidas ou alugadas a quaisquer organizações ou pessoas.
  • © 2013 Papel Social Comunicação.

    Todos os direitos reservados. All rights reserved.
    Para reprodução de trechos dos textos, artigos e fotos é preciso citar o autor e o nome da Papel Social. Para reprodução em outros sites, basta dar o crédito e o link da página original da qual foi retirada o texto e a imagem, porém as imagens não podem ser publicadas fora do contexto em que foram utilizadas neste site, ou separadas do texto original.