A produção de aço e os impactos socioambientais

Clique aqui para baixar o PDF: O Aço da Devastação

O enfrentamento do trabalho escravo e da devastação ambiental ganhou novas referências com a pesquisa O Aço da Devastação, lançada dia 22 em São Paulo. A pesquisa mostra o índice de ilegalidade na produção siderúrgica no polo de Carajás, que usa carvão do desmatamento e do trabalho escravo.

O problema contamina a indústria global do aço e chega ao consumidor através de automóveis, equipamentos eletrônicos e eletrodomésticos.

A pesquisa um importante diferencial. Apresenta dados que mostram, de forma inédita, o índice de ilegalidade nas siderúrgicas, ou seja, quanto cada empresa usa de carvão ilegal. É uma informação nova, até então mantida em sigilo pelas empresas.

O Aço da Devastação obteve ampla repercussão nos meios de comunicação de massa.  A cobertura dos grandes meios de comunicação é fundamental para disseminar o tema e motivar as empresas a adotarem posturas socialmente responsáveis. Veja alguns exemplos de repercussão na imprensa:

Entrevista com o coordenador da pesquisa na rádio CBN.

Apresentação do estudo no Espaço Aberto Miriam Leitão, na Globonews.

Artigo de Miriam Leitão, em O Globo.

Reportagem do jornal Brasil Econômico.

Entrevista do coordenador do estudo no Radar Político, do Estadão.

Reportagem da Folha de São Paulo.

Matéria na revista Carta Capital

Reportagem da revista Época (é necessário fazer cadastro para ver online).

Matéria no blog do jornalista Milton Young.

Matéria no site do Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social.

Reportagem na Amigos da Terra – Amazônia Brasileira.

Reportagem da Rede Nossa São Paulo.

Reportagem do Observatório Social.

Reportagem do Terra Magazine.

Portal Eco Finanças.

Anúncios

Comentários encerrados.

  • ▪ Contatos

    11 3798-1230
    contato@papelsocial.com
    -
    Rua João Ramalho, 136
    Perdizes, São Paulo - SP
    05008-000

  • Política de privacidade:

    A Papel Social Comunicação respeita a sua privacidade. Todas as informações pessoais que você fornecer para nós, incluindo nome, apelido, endereço, telefone e e-mail, não serão cedidas, vendidas ou alugadas a quaisquer organizações ou pessoas.
  • © 2013 Papel Social Comunicação.

    Todos os direitos reservados. All rights reserved.
    Para reprodução de trechos dos textos, artigos e fotos é preciso citar o autor e o nome da Papel Social. Para reprodução em outros sites, basta dar o crédito e o link da página original da qual foi retirada o texto e a imagem, porém as imagens não podem ser publicadas fora do contexto em que foram utilizadas neste site, ou separadas do texto original.

%d blogueiros gostam disto: