A fotografia a serviço dos Direitos Humanos

João Roberto Ripper é um homem coerente. Provou isso ao longo de 35 anos, dedicados integralmente a defesa da dignidade humana. Fez de sua arte uma ferramenta a serviço dos Direitos Humanos. Pagou um preço caro por isso. Faliu diversas vezes, outras tantas foi ignorado pela grande imprensa e pelo mercado da fotografia.

Nunca se preocupou com isso. Manteve o foco e a voz mais calma e amistosa que um homem pode ter.

Ripper fez da fotografia um espaço de libertação, de questionamento, de denúncia. Fez da fotografia, principalmente, um espaço de crença na capacidade de se criar um mundo equilibrado.

Recentemente passou a ser reconhecido, premiado, convidado para os circuitos da fotografia, mas manteve-se impassível, ou melhor, coerente.

Idealizador do Projeto Agência-Escola Imagens do Povo em uma das favelas mais violentas e esquecidas do Rio de Janeiro, a Maré, ele ensina muito mais que fotografia.

Ripper é um grande fotógrafo. Não dá pra perder a exposição “Imagens Humanas”, que desde o dia 10 está no Memorial da América Latina, em São Paulo.

São 70 fotos, escolhidas dentre 150 mil, que estão na Galeria do Auditório Simón Bolívar até 02/09/ 2010.

Clique aqui para conhecer mais sobre o Imagens Humanas..

Clique aqui para ler a entrevista de Ripper no Fazendo Media.

Anúncios

Comentários encerrados.

  • ▪ Contatos

    11 3798-1230
    contato@papelsocial.com
    -
    Rua João Ramalho, 136
    Perdizes, São Paulo - SP
    05008-000

  • Política de privacidade:

    A Papel Social Comunicação respeita a sua privacidade. Todas as informações pessoais que você fornecer para nós, incluindo nome, apelido, endereço, telefone e e-mail, não serão cedidas, vendidas ou alugadas a quaisquer organizações ou pessoas.
  • © 2013 Papel Social Comunicação.

    Todos os direitos reservados. All rights reserved.
    Para reprodução de trechos dos textos, artigos e fotos é preciso citar o autor e o nome da Papel Social. Para reprodução em outros sites, basta dar o crédito e o link da página original da qual foi retirada o texto e a imagem, porém as imagens não podem ser publicadas fora do contexto em que foram utilizadas neste site, ou separadas do texto original.