Será que vai dar tempo?

O Relatório Estado do Mundo, lançado anualmente pelo Worldwatch Institute (WWI), propõe apresentar um panorama do planeta rumo à sustentabilidade. A humanidade, é claro, está longe de alcançar esse objetivo.
Contudo, o relatório mostra, a cada edição, avanços importantes. Resta saber se vai dar tempo.

Em 2010, o documento foca na importância de mudar a cultura do consumismo em nome da cultura da sustentabilidade.  Para ser otimista, digamos que a missão seja apenas impossível.
Atualmente, consumir sem parar parece ser tão importante quanto respirar.

Mudar a cultura do consumo, apesar de ser uma missão impossível, não quer dizer que não possa ser feito.
O impossível é uma equação a espera de uma resposta.

O “x” da equação é que, sem mudar a cultura do consumo, a humanidade não irá a lugar nenhum. A variável dessa equação é saber se dará tempo, antes de tornarmos o planeta inviável. Não dá pra defender a natureza de dia e, à noite, sair pra passear em uma SUV de seis cilindros movida a diesel.  Quando trocarmos a SUV pela bicicleta, podemos começar a pensar no fator que nos dará a resposta para “x”, ou seja, mudar as coisas enquanto é tempo.

Você trocaria seu carro por uma bicicleta? Que tal ir trabalhar de ônibus? Sua família emite níveis aceitáveis de gases do efeito estufa? Você consegue ficar com o mesmo celular por quatro anos?

Xis!

Dá pra mudar o padrão de consumo enquanto é tempo?

O relatório do WWI mostra, por exemplo, que 13% da humanidade consome 78% de tudo o que é produzido no mundo. Será que estamos dentro ou fora desse grupinho que está detonando as coisas?

Na última década, a humanidade aumentou seu nível de consumo em 28%. Foram vendidos 68 milhões de carros, 85 milhões de geladeiras e 1,2 bilhão de celulares.

O consumo de petróleo subiu oito vezes desde 1950. Um cidadão europeu consome, por dia, 43 quilos de recursos naturais. Um americano, 88 quilos.

Por outro lado, mais de 1 bilhão de pessoas vive com menos de três reais por dia.  Estão fora do grupo dos 13%, mas loucos para entrar. Todo mundo quer ter vez na sociedade do consumo, mas o consumidor precisa mudar e as empresas precisam mudar. A propaganda precisa mudar e ser mais responsável.

Topa ir trabalhar de bicicleta todo santo dia e trocar de celular a cada quatro anos?

Xis!

____________________________________________

• Clique aqui para baixar o PDF da pesquisa Estado do Mundo,
que no Brasil foi lançado em parceria com o Instituto Akatu.

• Foto: Lixão em São Gabriel da Cachoeira, no extremo noroeste do estado do Amazonas. © Tatiana Cardeal.
• Clique aqui para ver mais fotos do santuário Amazônico aonde foi feita a foto acima.

Anúncios

Comentários encerrados.

  • ▪ Contatos

    11 3798-1230
    contato@papelsocial.com
    -
    Rua João Ramalho, 136
    Perdizes, São Paulo - SP
    05008-000

  • Política de privacidade:

    A Papel Social Comunicação respeita a sua privacidade. Todas as informações pessoais que você fornecer para nós, incluindo nome, apelido, endereço, telefone e e-mail, não serão cedidas, vendidas ou alugadas a quaisquer organizações ou pessoas.
  • © 2013 Papel Social Comunicação.

    Todos os direitos reservados. All rights reserved.
    Para reprodução de trechos dos textos, artigos e fotos é preciso citar o autor e o nome da Papel Social. Para reprodução em outros sites, basta dar o crédito e o link da página original da qual foi retirada o texto e a imagem, porém as imagens não podem ser publicadas fora do contexto em que foram utilizadas neste site, ou separadas do texto original.

%d blogueiros gostam disto: